fbpx
 em Gestão de Carreira, Orientação Profissional, Orientação Vocacional, Reorientação Profissional

3 COISAS QUE VOCÊ NÃO SABIA SOBRE EMPREGO QUALIFICADO NA INDÚSTRIA

Mais que gerar seus próprios empregos, a indústria é responsável pela geração de novas vagas em outros setores da cadeia produtiva. Confira três razões para você ficar de olho nesse mercado:

MUITAS VAGAS

De acordo com o Mapa do Trabalho Industrial, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), a indústria irá demandar 13 milhões de trabalhadores de níveis superior, técnico e de qualificação até 2020. As áreas que mais vão demandar formação profissional serão Construção, Meio Ambiente e Produção, Metalmecânica, Alimentos, vestuário e Calçados, e Tecnologias da Informação e Comunicação.

BONS SALÁRIOS

Os profissionais de nível técnico são os mais demandados pelas indústrias e, como têm uma formação bem específica, costumam ter uma boa remuneração. A média salarial para um Técnico em Eletromecânica, por exemplo, é de R$ 3.966,17, podendo variar de acordo com a região do país.

DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO

Ao contrário do que você pode pensar, a indústria demanda profissionais com todos os níveis de qualificação e não se resume ao “chão de fábrica”. Além disso, há um leque de opções disponíveis para quem quer seguir na carreira industrial.

ÁREAS

Gestão | Construção Civil | Alimentos e Bebidas | Automação e Mecatrônica | Química | Couro e Calçados | Gráfica e Editorial | Eletroeletrônica | Metalmecânica | Tecnologia da Informação | Logística | Automotiva | Automação e Mecatrônica | Meio Ambiente | Metalmecânica-Metalurgia | Mineração | Têxtil e Vestuário | Madeira e Mobiliário | Polímeros | Segurança do Trabalho

Fonte: SENAI | FIEMG

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

3 Dicas para estudar melhorcomo ajudar os seus filhos