fbpx
 em Gestão de Carreira, Orientação Profissional, Orientação Vocacional, Reorientação Profissional
CONHECENDO O SEU PERFIL COMPORTAMENTAL E TRAÇANDO O SEU PRÓPRIO RUMO

Talvez a empresa não seja a única responsável pela sua carreira. Seja jovem ou adulto, é fundamental que as pessoas saibam identificar qual o seu perfil comportamental e ser protagonista da sua vida profissional.

Conhecer qual a inclinação do seu perfil comportamental significa identificar o conjunto de características que descreve o seu temperamento, o seu jeito de ser, suas preferências, habilidades, interesses, talentos, e como potencializar tudo isto para alcançar os seus objetivos pessoais e profissionais.

Cada pessoa tem o seu jeito próprio de ser e isto faz a diferença para as empresas, quando se fala de resultado do trabalho em equipe. Não existe o bom, o ruim, o melhor, o pior, o certo ou o errado. Independente do porte da empresa, o que se vê é a busca constante por pessoas de temperamentos variados, onde a soma das diferenças pode trazer um melhor resultado.

Identificar-se com algum dos perfis abaixo pode auxiliar jovens e adultos no seu autodesenvolvimento, melhorando suas relações intrapessoais e interpessoais, além de garantir o protagonismo da sua própria carreira.

Conheça quatro perfis que podem descrever de forma simplificada e bem resumida alguns tipos de temperamentos.

Perfil Analítico – predisposição a ser mais preocupado, rígido, calmo, de comportamento mais discreto, de pouca conversa; prefere trabalhar em ambientes com poucas pessoas e mais tranquilo; mostra-se atento aos detalhes, intuitivo, curioso e organizado; aprecia tarefas que demandam certeza e precisão.

Perfil Comunicador – demonstra um jeito mais extrovertido, falante, ativo, entusiasmado e otimista; prefere trabalhar em ambientes mais dinâmicos, barulhentos e em equipe; mostra-se mais sociável com as pessoas; aprecia novidades e tarefas sujeitas a mudanças.

Perfil Planejador – tendência a ser mais paciente, observador, flexível e introvertido; prefere trabalhar em ambientes mais estáveis sem muita pressão; mostra-se calmo, tranquilo e prudente; aprecia atividades em que as regras são claras e pré-estabelecidas.

Perfil Executor – pessoa mais otimista, ativo e dinâmico; prefere trabalhar em ambientes que tenha liberdade para agir individualmente, usar sua autonomia e independência; mostra-se líder, autoconfiante e determinado; aprecia desafios, obstáculos e não se intimida diante de pressão.

Seja um perfil mais analítico, comunicador, planejador ou executor, o fato é que todos os perfis trazem suas particularidades que se complementam. Conhecê-los é fundamental para as pessoas na hora de escolher um curso técnico ou superior, o ambiente de trabalho em que se sente mais à vontade e as atividades ou ocupações que se imaginam realizando.

Ser a pessoa certa no lugar certo pode aumentar a satisfação e motivação das pessoas com relação a sua carreira ou sua vida acadêmica, trazendo-lhes mais satisfação, mais motivação e mais prazer nas demais dimensões da vida. Daí a importância do autodesenvolvimento.

Ler um bom livro sobre liderança, sobre economia, comportamento humano, gestão de pessoas ou qualquer outro tema que te interessar não lhe custa muito. O mesmo vale para assistir a um bom filme, assistir a debates, documentários e fazer conexão com pessoas experientes. Investir no seu autodesenvolvimento é estar pronto para as oportunidades!

“Procure fazer a diferença e conecte-se com pessoas diferentes!”
(Terezinha de Cássia)

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Dificuldades de Relacionamentomais cobrados no Enem